terça-feira, dezembro 30, 2008

Reload

Tenho uma cena neste blog que rastreia. Não doenças, mas palavras-chaves que me levam a pensar nas doenças dos outros. Lá para baixo à long time listei algumas que ao pé destas são a mais pura crendice.
Ora vejamos:
- Remédio de Coina não é aqui é ali, que eu também a tenho mas já não a fotografo -esteticamente a coisa piorou.
- Lisaspin para que serve. Não é para gargarejos nem para lavar a a Coina, isso garanto.
- Unhas Emo. Pois lamentamos mas para esse peditório já dei, a coisa evoluiu para vermelho boi a castanho camurça.
-Chupa vagina. Cá em casa costumam-ma lamber, mas sempre pode experimentar a variante de usar uma palhinha.
- Imagens de palhinha mais cerveja. Dado que a vagina vai secando e o tempo está quente, mudaram-se decerto para uma bebida mais popularucha e fresca.
- Penetra murcho. Esta veio directamente da Thailand, e nem é gozo nem nada, mas deve ter feito muita impressão a alguém além de lhe deixar os olhos em bico como é que se consegue uma manobra desta sem o gajo sem enroscar todo na entrada.
- Vagina. Do Brasil continua a senda mitológica de, onde pára essa rapariga procurada mais de trinta vezes em quatro dias.
- Escara sangrando. A minha. Juro. Esta merda dói-me sempre e para sempre.
- Útero bicórneo. O meu é retrocelo mas tem os dois canais de Müller completamente fundidos, temos pena.
-Jardineira de granito. Eu tive umas de ganga não sei se conta. As cá de casa são de madeira de pinho. A malta é pobre.
- Vídeo. Há bastante tempo que não participo num, o que me leva a concluir contrariada que o amor que ele nutre pela natureza é bastante superior ao que resta de mim.
- Bico. Do gás? Do pássaro? Da galinha? Da vizinha que o faz ao vizinho? Eu ainda os faço, mas não filmo nem mostro. Conta?
- Ene. Se procuravam pela escola nacional de equitação, enganaram-se na baia. Ou se foram pelo projecto empreender na escola, eu já dei para esse peditório, não qualifico ninguém, mas também ninguém me qualifica a mim. Era o que mais faltava agora.
Ainda ponho a remota hipótese de procurarem uma empresa de interesse público, de grande dimensão, dotada de personalidade jurídica e de autonomia de gestão administrativa, financeira e patrimonial. Lamento, mas embora muito orgânicos temos sempre a para sempre o fisco à porta, e de autónomos de momento temos tão pouco que até dá vontade de chorar.
-Bico grande do peito em vídeo. Por amor da santa rapaz, já está na altura de te deixares dessa merda. Pede à namorada que te mostre ou come antes uma pecinha de fruta.
-Jovens driblando a3. Assim escrito. A seco e tudo junto sem remorsos. Era nestas alturas que eu pertencia a uma organização de pesquisa altamente qualificada de criaturas taradas e perversas e na calada da noite as sequestrava e empalava lentamente. Assim, também a seco e sem remorsos.

E depois de mais um ano glorioso onde a raça que costumam chamar de humanos foi capaz de confirmar aquela verdade tão merecida de que a estupidez humana não tem limites, faço-vos adeus daqui deste sofá onde me encontro, com os dois pézinhos quentinhos nas meias, debicando serenamente com o indicador direito as teclas enquanto aqueço a mão esquerda numa chávena fumegante de café. A marca? Kona from the big island of hawaii. E não é treta. Ter amigos que moram lá sem perceber um boi de português, e que nos visitam amorosamente com um recuerdo é no que dá. Ainda me rio convulsivamente só de me lembrar.
E bom ano de 2009, claro.

14 comentários:

  1. lol lol lol

    O teu texto é a prova de que a Kona é muito elástica. ;)

    Que 2009 se estique à medida dos teus desejos é o meu voto com um grande beijo para ti. :)

    ResponderEliminar
  2. obrigada, bom ano para ti também! =)

    ResponderEliminar
  3. Kum karalho!!! umas konas brinda-se com quê?
    Olha que grande ajuda este corrector!
    Rum baralha!!! umas longas brinda-se com quem?

    Tchim tchim beijo ;-)))

    ResponderEliminar
  4. Grande beijo marie, e grandioso2009!

    ResponderEliminar
  5. Bom ano Fabulosa.
    Big beijo

    ResponderEliminar
  6. Pá, deixa ver...konas com Rum? Quente e canela, Claire?
    Tchim, tchim para ti!!
    e beijo

    ResponderEliminar
  7. mana, excelente análise ;)
    bom ano novo para ti.

    ResponderEliminar
  8. JP:

    Estes nomes técnicos me fazem confusão. Terei que o dicifrar no meu livro "Vida e Saúde". eheheheheh. Um beijinho.

    ResponderEliminar
  9. Como é aquela do "penetra murcho"???!!

    ResponderEliminar
  10. mana, obrigado e retribuído
    ;)

    ResponderEliminar
  11. Tu procura bem no dicionário, Soslayo
    Vais encontrar a explicação técnica...
    ;)*

    ResponderEliminar
  12. Tu nem me perguntes, mfc...nem perguntes...
    :D

    ResponderEliminar
  13. Esta tenho de enviar à MARTA!


    CSD

    ResponderEliminar
  14. Quem é a MARTA?! oh Cláudia??...

    ResponderEliminar