quarta-feira, maio 16, 2007

Saciar a curiosidade da Hipatialudovina

Memo, esta palavrinha obliquada, que pode significar tanta coisa e ter tantas variações como o paiol onde está armazenada. Olha que rima tão composta. Adiante. E eis que descrevem o seguinte (nem faço a mínima quem sejam):

(*) Um “meme” é um ” gene cultural” que envolve algum conhecimento que passas a outros contemporâneos ou a teus descendentes. Os memes podem ser ideias ou partes de ideias, línguas, sons, desenhos, capacidades, valores estéticos e morais, ou qualquer outra coisa que possa ser aprendida facilmente e transmitida enquanto unidade autónoma”.

Ora eu como unidade autónoma, já me vi e já me viram de muitos ângulos mas assim é a primeira, depois de muito espremer os poucos neurónios que ainda libertam algum brilho, e meio obnubilada ainda pelo dia da mãe, resolvi escarrapachar aqui umas frasezinhas que vêem muito a propósito, não vão os pirralhos achar que me comem por mona e que é relativamente fácil darem-me cabo da lucidez emocional.

- A mentira tem a perna curta, e é fácilimo amputá-la.

- O crescimento interior é feito de atalhos e becos sem saída.

- A verticalidade de carácter não é um dado adquirido só porque caminhas de pé.

- Vais perceber que és dono do elástico, quando deixares de apanhar com ele na fronha.

- E vê se fechas mais as mãos tipo concha, assim pá tás a ver, ou ainda acabas por largar o pio do mocho por outra banda.

E vamos à praxadela.

Tu.

Tu.

Tu.

Tu.

E, Tu.

Agora vou voltar pró sofá. Com licença.

23 comentários:

  1. JP:

    Eu não sei se sou capaz neste momento de te dar resposta... acredites ou não, já ri um bocado por causa desta tua posta! Até já me perguntaram por detrás de mim o porquê de tanto rir. E lá fui lendo e rindo até às lágrimas. É que quando começa esta coisa "epidémica" dos award's e desafios, fico encontado à parede para ver o que vem a seguir!!! Ainda não descobri qual é o TU que me pertence. Lá chegarei, porque outros já me desafiaram também para estes "memes". Continuo encostado na parede e amanhã despois de descobrir o meu TU. E, TU. Conversaremos! Um beijo.

    ResponderEliminar
  2. Tu, és o penúltimo pá!
    Vai-te rindo, mas não julgues que te escapas que já me entalas-te algumas vezes com cenas de memos e mimos e mumos e o caraças.
    Beijoca

    ResponderEliminar
  3. Pois, né?
    Já m'afecundaste :)
    Bjokas

    ResponderEliminar
  4. E não tens memo memo mainada que fazer, ò gaja?
    Ainda nem percebi bem do que se trata mas calculo que seja uma daquelas marrecas que de vez em quando circulam para nos azucrinar...
    Onde é que tá o manual de instruções para dummies?
    Só me lixas (mas claro que um gajo fica sempre estupidamente contentinho pela "nomeação", claro...)
    Amanhã logo coiso.

    ResponderEliminar
  5. Julgavas que só me afecundavam a mim não, erecteu?
    bjo

    ResponderEliminar
  6. Nã tem manuali, as marrecas nunca trazem livrinho pra gente podere perceberi.
    E memo, memo, só o sofá por agora
    ai, ai
    (embrulha)

    ResponderEliminar
  7. **da-se!
    ai se eu te apanho!!!

    ResponderEliminar
  8. lá,lá,lá,lá,lá,lará
    queres um cházinho mana?

    ResponderEliminar
  9. um chá e qualquer coisa para a dor de cabeça, também ;)
    (por enquanto, não é do meme. amanhã não sabemos...)

    ResponderEliminar
  10. lisaspin 1000, serve?
    e preto de ceilão, chá?

    ResponderEliminar
  11. lisas... qualquer coisa.
    mas olha bem para o que escreveste: "e preto de ceilão, chá?" houvera de ser o quê, o preto de ceilão, hem? ;) :D
    eu devo estar tola de sono, porque já acho piada a tudo!

    ResponderEliminar
  12. era para te rires mesmo palerma
    dah!!

    ResponderEliminar
  13. e eu ri, que coisa!! :P
    vou dormir.
    amanhã, logo te atendo!
    b'noite!

    ResponderEliminar
  14. descansa rapariga
    até amanhã

    ResponderEliminar
  15. Desculpa a interrupçon: acho q não percebeste que os "convidados" são todos os que escreverem um "Princípio". O limite de 10 é o número de respostas que acordámos para fechar o Livro.

    Beijokas, moça

    ResponderEliminar
  16. Está fantástico!!! :-)))
    Muito inteligente e divertido... Um verdadeiro oásis numa rotina que se propaga. E amei a do elástico, eheheheh! :-)

    Bem-hajas!

    (Ah... Acho que fui ao blog da Papoila, e aí li sobre este teu post, e não resisti à curiosidade, e foi assim que cá vim parar!:-)

    ResponderEliminar
  17. Vim cá ver onde está o comentário que cá tinha deixado. Descubro que não está. Onde está o meu comentário, Jaquelina Pandemónio?

    Ai o caracinhas!

    É que eu já cá tinha dito que gosto do teu pragmatismo.

    ResponderEliminar
  18. eu cá não deletei nada, senão não tinha ido lá a casa mandar a boca ;)
    aliás em 3 anos só devo ter enfiado no lixo 2 ou 3.
    mas sempre podes repetir, please, que eu gosto do que me escreves hipatiaLudovia

    ResponderEliminar
  19. Se tivesses uma daquelas coisas remelentas, que até me fazem trocar os olhos quando me obrigam a soletrar letrinhas, até percebia: já por várias vezes que mandei comentários, fechei a janelinha e, depois, descobri que, afinal, devia ter-me enganado nas letras. Aqui, suspeito que devo ter fechado a janelinha sem nem publicar o comentário, lol.

    ResponderEliminar
  20. tu deixa de fumar essas merdas minha
    :D

    ResponderEliminar
  21. apc
    bem vinda à tasca.
    ainda bem que gostaste, gosto de ter os clientes satisfeitos
    :)

    ResponderEliminar
  22. Os chavalos puseram-me memo a dançar
    Bebe bebe
    Fuma fuma
    upa upa
    chupa chupa
    fode fode (esta já não tenho a certeza mas acho que sim )
    CONSOME FILHO
    de 1 tal de Zuleica

    ResponderEliminar
  23. É para ir p´ra onde Claire?! :O
    :D
    :D

    ResponderEliminar