quinta-feira, março 09, 2006

mas que raio é esta história do dia da mulher?!mas qual mulher? e o dia do homem? e o dia de não cortar a arvore? e o dia do sapo do amazonas? e o dia da codorniz? e o dia de tirar os macacos do nariz? e o dia do Zézinho? e o da passarinha? e o dia da não violência? e o dia da independência dos povos? e o dia do não me fodam o juízo? e o dia dos aflitos? e o dia de todas as mortes por segundo? e o dia das alegações? e o dia do tirem-me daqui? e o dia do recibo que me pague? e o dia da bandeira? e o dia da asneira? e o dia do banho? e o dia do ranho? e o dia do pranto? e o dia de ser feliz? e o dia de não bater na mulher?
e o dia de não pontapear o ceguinho? e o dia dos sem abrigo? e o dia dos ofendidos? e o dos humilhados? e dos velhos sem dinheiro? e o dia do avental, e dos pés pequeninos encalhados no fogão? e o dia das anedotas de merda?
de que dia falam as flores no Modelo, eu que nasci de um útero como os demais feitos de carne e sangue e água e sal?

mas de que raio de dia falam vocês??

18 comentários:

  1. 8 de Março? Foi uma 4ª feira e, portanto, um dia de merda como os que, ultimamente, têm acontecido em todos os meios de semana...

    ResponderEliminar
  2. se fossem só as quartas H.Ludovina...estava eu bem
    já sem bichos? ;-)

    ResponderEliminar
  3. foi o dia de mais um gueto. Já passou.

    ResponderEliminar
  4. sim Ivar, foi mais um.
    E não passou, vai passando devagarinho
    :-)

    ResponderEliminar
  5. >As vendedoras de flores fizeram algum taco, mas não foi com cravos....

    ResponderEliminar
  6. o que é uma pena,não é Gaivina?

    ResponderEliminar
  7. J.P. Ai essa do dia "não me fodam o juízo" gostei muito! E como é que se festeja esse dia!?... Um beijinho.

    ResponderEliminar
  8. nem perguntes Soslayo
    ;-)

    ResponderEliminar
  9. Continuo sem conseguir vir até aqui sem que abram muitas janelas e que os comentários tenham de ser feitos aos soluços... Parabéns pela força deste post. Beijinhos da bastet careca bigodes

    ResponderEliminar
  10. só pode Humor, só pode, que tanta faltinha me faz ás vezes.
    ;-)

    ResponderEliminar
  11. Olá JP! Deixei resposta lá no meu blog mas vim aqui pelo sim pelo não :) Não recebi os teus e-mails e daí não ter conseguido perceber como se evitam as janelas chatas. De resto, responder-te-ia sempre a agradecer os teus e-mails. Mas, pelo que vejo, isto hoje está calmo, ou seja ainda não apareceram as malditas janelas. Fizeste uma purga às ditas? Ainda bem :))) Um beijo grande da amiga Bigodaças.

    ResponderEliminar
  12. Sem dúvida que é o dia das mulheres que querem continuar a lutar por se mostrarem diferentes... daquelas que lutam por quotas no parlamento sem terem de comprovar competência. Lutam por uma suposta igualdade, exigindo serem tratadas de forma diferente, que querem regalias oferecidas de borla.

    O meu cumprimento sincero para as mulheres que se estão a cagar para este dia, e que preferem mostrar no seu dia-a-dia que são capazes de trabalhar/lutar/dirigir/etc, que arregaçam as mangas e enfrentam o dia com todos os medos/dúvidas/incertezas como qualquer homem, sem terem de fazer marketing disso.

    Um beijo para ti que és uma grande Mulher.

    ResponderEliminar
  13. Obrigado K, retribuido.
    :-)

    ResponderEliminar
  14. Tu sabes o que me espanta?
    Estive em Portalegre numa das minhas viagens com livros...
    Imagina que , no dia 8 de março, foi maior o número de mulheres presentes em strips masculinos do que na homenagem que fizeram a Maria Lamas na Biblioteca Municipal.
    Numa cidade como Portalegre, pelo menos dois locais deram esse espectáculo....
    Os homens ficam em casa e as mulheres.....
    Triste.....

    ResponderEliminar
  15. Gaivina,a Maria Lamas não tem pilinha nem usa fio dental,e a maioria dos maridos decerto prefere ficar em casa, a beber uma cervejolas enquanto coça a micose e mastiga entre dentes o jogo da bola.
    Portalegre é um meio semi-fechado,mas já importou hábitos da vizinha Espanha,onde o strip masculino é uma variante.
    Triste não é os homens ficarem em casa, ao menos embebedam-se entre portas. Tiste é alguém preferir ver um palonço fardado de marinheiro, em posses mais ou menos efeminadas a dar ao rabinho por entre as mesas, em lugar de apanhar um "banho " de cultura numa biblioteca bolorenta e cinzenta em qualquer parte perto de si. Que a maioria das bibliotecas convehamos, não estão ainda vocacionadas para atrair público mais ou menos"rural"

    ResponderEliminar
  16. De bibliotecas entendo eu! Não são locais bolorentos...
    mas tenho todo o tempo do mundo para te provar que estás errada, a começar pelo Alentejo:
    Biblioteca de Beja, "Palavras Andarilhas" (pesquisa na net...)

    ResponderEliminar
  17. Que mal me entendeste meu amigo
    O que eu escrevi, foi o que a maioria das pessoas pensam.
    E de Alentejo percebo eu, que nasci e vivi lá 40 anos. se há alguém que te prove alguma coisa, sou eu ;-)
    E Beja, conheço, bem como a sua biblioteca, assim como tantas outras. Um dia haveremos de falar sobre a minha terra, se a ocasião se proporcionar
    Beijinho

    ResponderEliminar