terça-feira, março 28, 2006


[limiting directives will go here]

para ti
que me inspiras papoilas rubras
e verdes espigados em dias de mar

13 comentários:

  1. Tomara que para mim fosse
    Rubras papoilas a descortinar
    Os verdes espigados em dias de mar
    Para mim fazia todo o sentido
    Para nesta vida poder amar.

    Um beijinho J.P.

    ResponderEliminar
  2. quando menos esperares, terás isso tudo
    o segredo é manter os poros abertos
    :-)*

    ResponderEliminar
  3. Obrigado. ;)
    Também estás cada vez melhor.

    ResponderEliminar
  4. Bonito! Com mais umas azedas ficaria perfeito...

    ;-)

    ResponderEliminar
  5. Singelamente belas as palavras e as pinceladas.

    Gosto do teu sítio... e não, não é apenas para agradecer o comentário lá onde solto as rédeas, mas porque estas três linhas são de uma enorme profundidade.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  6. estás distraido Old...
    a azeda sou eu,não falta nada
    ;-)

    Isabel,pelo incentivo,e bem vinda ao fazdeconta
    abraço retribuido :-)

    ResponderEliminar
  7. obrigado kidas
    não sei se gosto mais das tuas letras se das tuas imagens; mas não é um dilema grande, porque são ambas vertentes de quem eu adoro!

    ResponderEliminar
  8. Vou levá-las para Voz. Obrigada, Jaquelina Pandemónio (acho que tenho de voltar a agradecer ao Cap por te ter feito saber, eheheh). São mesmo as minhas flores favoritas. E esse mimo em palavras deixa-me demasiado babada. Agora, uma coisa é certa: de azeda não tens nada. És só um tiquinho agreste às vezes o que, convenhamos, chega a ser a perfeita lufada de ar fresco numa net feita de beijinhos.

    Apesar do que disse acima, além de te vir roubar o post, também te deixo beijinhos e abracinhos hoje. Mas a culpa é das papoilas: amanhã voltamos à murraça nas costas ;-)

    E, porra, mulher, o texto para o Escritor Famoso está um espanto. Tenho de o comentar depois como merece :))

    (hoje o recado é todo aqui)

    ResponderEliminar
  9. ok, está combinado,amanhã voltamos aos murraços, agora dá cá um abraço e uns beijos (que gajas sentimentalistas nós saimos)
    :-)**

    ResponderEliminar
  10. seja para quem for.... é uma delícia.

    ResponderEliminar
  11. Só uma pequena curiosidade...
    Coisa de "bruxas"...
    Uma das receitas para atrair um homem, rezam as crónicas, é tomar banho em água de papoilas...

    ResponderEliminar
  12. Essa não sabia Gaivina. Mas tb nunca precisei de o fazer, mas guardarei a "colónia", que nunca se sabe.
    Obrigado :-)

    ResponderEliminar