quarta-feira, julho 26, 2006

úteros

O frio penetra de mansinho no neoprene, quase osmose cristalina.
As vagas dizem-me que o mar é delas. E eu deixo ser. Agora sou apenas embalagem salgada confiante.
Desço sorrateira pela poalha de algas que espreitam o vidro da mascara, e perguntam quem és tu.
Perco-me nos rastos da areia, desenho-me nas rochas, e faço adeus ás estrelas-do-mar.
E quando flutuar entre o azul e o amarelo, ao som do meu próprio ar, vou-me deixar engolir devagar frio mar, para que te conheça os sons que não sei de onde soam.

20 comentários:

  1. e eu que os julgava quentes - os úteros!

    aNa

    ResponderEliminar
  2. isso já depende dos corpos
    este tem fluidos frios que nos mantem quentes
    é estranho não é?
    ;-)

    ResponderEliminar
  3. será o maior de todos?
    o verdadeiro?
    onde tudo começou?
    sendo assim, não será estranho ;)

    ResponderEliminar
  4. Devo ter tido 9 meses muito estranhos: água não, muito obrigada e até o sal me proibiram. Ora bolas! Bem... posso sempre atacar no maduro tinto :)))

    ResponderEliminar
  5. claro que foi no mar que tudo começou, Ana

    Hipatia, maduro tinto aconselho Esporão,Cartuxa, Pias, Coelheiros e uns outros tantos que depois te digo
    ;-)

    ResponderEliminar
  6. Tenho uma amiga com um bicorneo e 4 filhos.
    Por isso,não quero caras feias Patioba.

    ResponderEliminar
  7. A cara feia foi erro de tipografia! ;) Era mesmo para ser um sorriso!

    4 não direi, mas um já cá está, a caminho dos 3 meses, e a correr lindamente!

    Tal como disse ao cirurgião, durante a cesariana, onde descobrimos a proeza!, útero bicórneo é mesmo coisa de "menina"... mais um bocadinho, para além de ser em forma de coração era cor de rosa e tinha uma Barbie..... :D:D:D:D:D:D:D:D

    Sem stress!

    ResponderEliminar
  8. Está muito para o Big Blue, mas para isso teria que estar mais escuro; é no escuro que nos conhecemos :)

    ResponderEliminar
  9. Ainda andavamos cá por cima Vanus ;-)
    mas concordo que no escuro é onde nos conhecemos melhor.

    ResponderEliminar
  10. JP:

    É curioso como estes comentários são todos minimalistas e com uma retórica pouco usual; bicórneo, osmose, neoprene, poalha, etc. etc.. Estão a falar de quê? Do mergulhador na água!?... Que coisa hein, por que não vão directos ao assunto. Úteros complicados! Um beijo.

    ResponderEliminar
  11. A gente que me lê,usa uma retórica pouco usual,Soslayo ;-)Mas eu gosto assim.
    Bicórneo significa com duas cavidades, neste caso há um útero com duas, em vez de uma comum. O neoprene é a malha que se usa nos fatos de água, neste caso o meu é um semi-seco, a pouca água que consegue penetrar, é através de particulas finas,meio celulares, daí a osmose.A poalha que não passa de poeira leve na atmosfera, neste caso é feita de algas desfeitas. A que assunto queres tu que eu vá , ou que vamos direitos??
    O post é o que sinto, quando faço mergulho,é simples, pá!
    beijoca

    ResponderEliminar
  12. JP:

    Pois, estava lá tudo (o mergulhador) o resto o dicionário esclareceu. Um beijo.

    ResponderEliminar
  13. O mergulhador e a mergulhadora, que do lado direito e um bocadinho mais à frente vou eu!
    ;-)

    ResponderEliminar
  14. Agora fiquei com vontade de facer mergulho... fogo....

    marco
    www.elblogdemarco.com

    ResponderEliminar
  15. JP, tens um snorkel a mais? É que dava-me jeito para daqui a uma semana...

    :-)

    ResponderEliminar
  16. Tenho sim Old.
    E mascara,precisas?
    :-)

    ResponderEliminar
  17. Davam jeito, JP.

    Os meus óculos de piscina são tão diminutos como o QI da Carla Matadinho.

    ;-)

    ResponderEliminar
  18. eheheheh
    então são mesmo pequeninos.
    Levas o conjunto que vais bem servido
    ;-)

    ResponderEliminar