sexta-feira, agosto 26, 2005

Ontem de tarde


Depois de uma resseção de parte do delgado por perfuração, o cliente (e esta de chamar cliente a alguêm doente ainda me custa a engolir) acorda da anestesia aos “ais”.
Perguntava-lhe a anestesia em voz bem alta:
-Dói-lhe alguma coisa? Diga sim ou não. Dói-lhe? Diga sim ou não.
-Ai!..sim ou não…ai!
Olhar esbugalhado da anestesista, gargalhada geral da “plateia”

Depois de tantos anos a malta ainda tem capacidade de riso.
Desculpem lá qualquer coisinha.

6 comentários:

  1. Continuo a achar que rir é muito bom! ;)

    ResponderEliminar
  2. Compreeendo perfeitamente esse vosso comportamento.
    A profissão exige-o.

    ResponderEliminar
  3. como estava na secção de spam, apagou-se sem eu querer um email teu, ao qual, por estar de férias, não dei a atenção devida. Peço desculpa e, se iveres paciência, envia-me de novo.
    Bj

    ResponderEliminar