quinta-feira, agosto 04, 2005

Notícias

A jornalista, mostra um sorriso rasgado de dentes alvos.
Logo de seguida imagens choque sobre os fogos que continuam a alastrar.
A mímica sem som, os lábios torneados e sedosos interpolados pelas chamas altas que cercam uma população. Cercalinho, salvo erro em nota de rodapé.
Nome cínico convenhamos.
Quem, ou em nome de quem, consegue estar a falar sobre os incêndios florestais que martirizam populações e, vai matando aos poucos tudo o que mexe e que não mexe, com um sorriso nos lábios?
Não estamos a vender pasta de dentes.
Ou estamos?

A minha alma está parva.
Se accionar o ”desmute” pode ser que perceba.
Deixa experimentar.

8 comentários:

  1. Ena! Eu tenho que te conhecer... a sério!

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  3. Touché!
    O que não consigo perceber é como ainda existe algo para arder...

    ResponderEliminar
  4. acabo de chegar mas fui sabendo dos incêndios! não vi essa peça mas não me surpreende, tenho a impressão de que não é a primeira vez...

    mas este país é de doidos!

    ResponderEliminar
  5. Antes de ligar a máquina de filmar:
    "O meu penteado está bom?Não estou manchada pelo fumo? Estou bonita?"
    Claro que estes pseudo-intelectuais,não tendo passado por situações semelhantes dão assim as notícias... Como esta situação me revolta!

    ResponderEliminar
  6. O problema neste país, além de N outros, claro, é que qualquer badameco(a) pode ser jornalista... então em alguns canais de televisão é de bradar aos céus.....

    É, talvez, mais um item a juntar aos outros, tantos, que caracterizam este m**** de terra em que estamos.... haja paciência!

    ResponderEliminar
  7. Olá, estava por aqui a passear qd vi o teu blog. No teu oerfil dizia que eras das ciências... de que área?
    *** Os Veteranos ***

    ResponderEliminar
  8. oh pá, faz de conta q os incêndios nem sequer são uma coisa mt grave e talx um sorriso dê animo ao pessoal! bah! (estou só a ser irónica, tb já observei situações semelhantes)

    ResponderEliminar