sábado, maio 14, 2005

Nota de nado morto

Para si que me vem ler e que tem a pretensão de me reeducar na escrita, deixo-lhe este conselho de borla:
-Se não conseguir dobrar-se para lamber as próprias botas, pague a quem lho faça que ainda existe muito servilismo por aí!

6 comentários:

  1. E quem fala assim não é gago/a! ;)

    ResponderEliminar
  2. ... por acaso era giro se fosses :))

    ResponderEliminar
  3. Mas por acaso agora não sou, consegui superar relativamente bem, os "traumas da infancia". ;-)

    ResponderEliminar
  4. Isso é bom, eu continuo traumatizada! (não gaguejo mas fico corada com facilidade) :))

    ResponderEliminar
  5. ora deixa lá também eu, mas tem um piadão ver gajas giras coradas sem ser do pigmento da caixa. :-)

    ResponderEliminar
  6. Interessante a ideia... emboa eu, talvez, colocasse ali uma virgula!
    eh eh eh!
    ;)

    ResponderEliminar